Sustentabilidade da Floresta, o que é?

A BYWUD explora os três pilares da sustentabilidade através de ideias, estratégias e atitudes ecologicamente corretas, economicamente viáveis e socialmente justas.

Os três pilares principais são o social, económico e o ambiental.

Para se desenvolver de forma sustentável, uma empresa deve atuar de forma que esses três pilares coexistam e interajam entre si de forma plenamente harmoniosa.

Ao usufruirmos das florestas de maneira sustentável, garantimos a preservação e a manutenção do meio ambiente uma vez que o desmatamento é a maior ameaça às florestas tropicais. Enquanto a floresta gerar renda para a população local, a floresta permanecerá de pé para sempre. Então, se não usarmos a madeira da floresta, perderemos a floresta.

A Gestão florestal sustentável é a chave para garantir a salvaguarda do futuro das florestas, em todo o mundo. 

O que é Gestão florestal sustentável?

Pense na floresta como um jardim, em que é feita a poda, são colhidas flores e assim garante espaço para que as novas mudas se desenvolvam ao sol. Este cuidado faz que o seu jardim permaneça saudável e sempre florido. Na Gestão florestal sustentável é igual - colhemos as árvores maduras deixando espaço para que as novas cresçam.

Nas florestas tropicais, 1 hectare pode conter de 500 a 1000 árvores. A Gestão florestal sustentável significa colher de 1 a 3 árvores por hectare, a cada 25 anos. 

Como qualquer outro ser vivo, as árvores nascem, crescem, ficam adultas e morrem. Uma árvore absorve o máximo de CO² enquanto cresce. A gestão sustentável da floresta implica que uma árvore seja colhida antes que a sua qualidade comece a deteriorar-se e liberte o CO² armazenado de volta para a atmosfera.

Paralelamente, a colheita da árvore irá gerar espaço livre na floresta e permitir que as árvores mais novas cresçam. Ao transformar uma árvore madura em material de construção, o carbono é armazenado no seu núcleo para sempre.
Quando adquire madeira de florestas com gestão sustentável, antes de ser colhida a matéria prima, o proprietário da área realiza estudos identificando cirurgicamente quais árvores seriam retiradas e como elas serão colhidas:

• Apenas as árvores maduras são derrubadas;
• Árvores jovens são protegidas;
• Árvores mais velhas com sementes são preservadas.

A Gestão florestal sustentável implica que as empresas que colhem árvores tenham licenças específicas com determinada duração para determinada área. Durante todo o período de licença, a área de exploração  é fiscalizada e os órgãos  ambientais acompanham os trabalhos de campo por meio de imagens de satélites e relatórios técnicos. Depois do plano executado a área é isolada, para que as árvores ao serem  retiradas deem espaço a uma nova vegetação, garantido assim renovação da cobertura vegetal e a manutenção da biodiversidade.


“Gestão florestal sustentável significa usar florestas e solos florestais de uma forma, e em uma taxa, que mantenha sua biodiversidade, produtividade, capacidade de regeneração, vitalidade e o seu potencial para cumprir, agora e no futuro, funções ecológicas, económicas e sociais relevantes, nos níveis locais, nacionais e globais, o que não causa danos a outros ecossistemas.”

(UE 2013, Estratégia Florestal)


O valor económico da floresta torna-se um pilar essencial para salvaguardar o seu futuro, evitando o risco de conversão para outros usos, como agricultura, plantações, mineração e construção. E claro, com este controlo permanente são evitadas queimadas e previnem-se os grandes fogos, uma das maiores catástrofes que podem afligir uma floresta.


A madeira é um material vivo que dura mais do que uma geração quando bem aplicada em sua casa. É bela, ecológica, reciclável e biodegradável. A BYWUD continuará a promover uma floresta bem gerida garantindo que continua a proporcionar os seus recursos para gerações futuras. 

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados antes de serem publicados.